Eu procuro:

Número de acessos

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Não sei uma palavra pra você

Não sei uma palavra pra você, uma palavra que te defina para mim. Às vezes raiva é a palavra mais correta, porque você me dá raiva com esse seu jeito super orgulhoso de ser, com todas as suas manias e trejeitos que eu detesto, com essa sua forma de me tratar mal querendo me tratar bem. Às vezes saudade é tudo o que eu sinto. Sinto falta de todos os dias que passamos horas e horas juntos sem ficar um segundo sem assunto, saudade de você brincar comigo e implicar com as músicas que eu ouço, com as roupas que eu uso, como meu jeito de rir e falar alto meio doida por ai. Às vezes a palavra é amor. Amor dado de graça pra alguém que não queria recebê-lo. Às vezes a palavra é a mais simples e sem duplo sentidos: sexo! A gente era apenas sexo, e só, nada mais, nunca. E às vezes a palavra é amizade, alguém que eu quero ter por perto a vida toda porque me diverte, porque não fica me protegendo do mundo e quer mesmo é que eu encare as verdades cruéis ou belas que me esperam. Eu nunca sei qual palavra usar com você, e ultimamente "nada" é a palavra. Nada de você por perto. Nada de notícias suas. Nada de sentimentos. Vazio, sem você. Ao mesmo tempo que o mundo inteiro me invade quando eu resolvo que você não é nada. Mas também é vazio quando eu te dou qualquer outra palavra, porque a gente não está, a gente foi, e acabou.
Qual palavra você gostaria de ser pra mim? Só não me diga que é silêncio, porque esse dói mais do que todas as palavras juntas.
(Sinto sua falta!)

2 comentários:

  1. Uau, você escreve super bem. Amei!
    To te seguindo agora pra ver seus posts..

    ve se passa no meu tb: http://sejoganavidabebe.blogspot.com/

    BEIJOSS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, muito obrigada!! Vou seguir o seu também!

      Beijossss

      Excluir